sábado, 16 de janeiro de 2021

DOAÇÃO / ADOÇÃO DE COELHOS

 MENSAGENS DIVULGADAS NO FACEBOOK


ADOÇÃO RESPONSÁVEL - BARUERI - SP
Pessoal, esta mocinha charmosa está a procura de uma nova família que possa lhe dar amor, espaço para correr e brincar, verdura fresquinha, boa ração e cuidados veterinários quando necessário.
Os interessados deverão entrar em contato com a Pamela.
Boa tarde !!!! Eu e minha mulher entramos em contato com alguns grupos relacionados a coelhos e estamos aqui para pedir ajuda com relação a adoção.
Infelizmente por falta de experiência e informações houve muita procriação e estamos sem espaço e condições financeiras para cuidar deles corretamente, procuramos por pessoas que tenham espaço, tempo e condições financeiras para cuidar deles da forma correta.
Atualmente estamos com 15 animais, não estão castrados, alguns com 1 a 2 anos alguns com 6 meses e alguns com 3 meses.
Grande parte são fêmeas acreditamos que apenas 5 sejam machos.
Somos de Sumaré interior de SP próximo a Campinas, nossos contatos são :
019 99385 9302 Wilton
019 98246 7545 Kátia






Adoção Responsável
Boa tarde
Estou doando os filhos da minha coelha
Já estão quase adultos
3 cinzas
2 brancos
1 preto
Moro em inhauma RJ
21995513179






Quem estiver interessado em ter um coelhinho de estimação é uma oportunidade, mas atenção!! é para cuidar bem e com carinho.
Aqui nas páginas do blog tem muita informação para o cuidado dos coelhos de estimação, e pode também tirar dúvidas nos comentários, posso demorar em publicar mas sempre respondo.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

COELHOS PET, MINI, ESTIMAÇÃO

NOTA TÉCNICA: Coelhos pet, de estimação, mini, pequenos, anões...
Acaso isso tudo significa a mesma coisa ou não?



Autor: Yuri De Gennaro Jaruche, Zootecnista pela UFMG e Mestrando em Produção de Não-Ruminantes pela UEM, enfoque em Cunicultura.
Endereço de contato: Rua Mandaguarí, n°198, ap.401, Bairro Jardim Universitário, Cidade de Maringá, Paraná (PR)
Celular 1: (031)8456-2654; Celular 2: (044)9839-7976; e-mail: jaruche.y.g@zootecnista.com.br




NÃO! Você pode ter um coelho pet que é de estimação, mas se ele for grande então ele deixa de ser pet mas não de estimação, mas com certeza não é pequeno. Caso tenha um coelho pequeno que não é de estimação, assim mesmo ele é classificado como um pet e ao mesmo tempo é um mini-coelho, mas não é anão, de maneira alguma. Porém, se possuir um coelho anão que também não é de estimação, ainda assim será pet e considerado mini. Agora, um coelho de médio porte, independente se for de estimação ou não, nem sempre será um pet ou um mini e, consecutivamente, não poderá chama-lo de anão, exceto se apelidado de “anão”. Resumindo: nem todo pet é mini, mas todo mini é anão e todo anão é pet porque é mini... Mas não necessariamente precisam ser de estimação, podendo ser pequeno ou não!
Será que você conseguiu entender tudo ou parte do que foi falado acima? Sim!? Parabéns, você entende perfeitamente os conceitos da cunicultura pet e consegue conversar de forma clara sobre esse assunto. Acho que até estou falando com um especialista. Não!? Entendeu apenas parte ou nada disso. Sem problemas! Essa nota técnica foi elaborada justamente para você! Leia com atenção e também entenderá!
Coelho: parece desnecessário escrever isso, mas sempre que alguém estiver expressando-se sobre ‘coelho’, sem especificar-se, por lógica, estarão referindo-se ao animal da espécie “Oryctolagus cuniculus”, coelho domesticado que tem sua origem principal na Europa e que possui 22 pares cromossômicos. Para um entendimento mais simples, são os coelhos domésticos, aqueles encontrados nas feiras agropecuárias, pet shoppings, fazendas, chácaras, sítios, entre tantos outros estabelecimentos. Estes coelhos possuem mais de 50 raças e 150 variedades diferentes. Um coelho pode ser pet, de estimação, mini, pequeno e/ou anão.
Coelho de estimação: por se tratar de um coelho e não especificar a espécie, trata-se do coelho doméstico. Um animal de estimação, também denominado como mascote, é um animal doméstico ou em domesticação, selecionado para o convívio mais íntimo com os seres humanos, sejam por questões de companheirismo ou divertimento.
Isso não significa que essa seja a sua única função em nossa sociedade. Tomemos o cão como exemplo. O cão, na maioria dos lares, é usado quase que exclusivamente como companhia. Sabemos que existem cães de caça, de guarda, de resgate, de transporte, de deficientes, entre outros. Cada raça de cão tem uma ou mais de uma dessas aptidões. O cão da raça Pastor Alemão é um cão com aptidões para protege-nos ou proteger nossa residencia contra mal feitores, sendo assim é considerado como um cão de guarda. Um Pastor Alemão da polícia federal continua sendo de guarda e executa essa função perfeitamente, mas não pode ser considerado de estimação, porque não possui um dono específico, não pode residir junto ao seu tratador e normalmente, não possui aptidão para isso, pois é treinado para combater ladrões e não para brincar com pessoas. Já o seu Pastor Alemão, mesmo executando a tarefa de guarda, ele é considerado de estimação, pois além de possuir você como dono, ele e você residenciam o mesmo estabelecimento e você o reconhece como um colega, amigo ou mesmo membro da família.
Os coelhos seguem a mesma linha de raciocínio. Os coelhos, assim como os cães, possuem aptidões. Aptidão para carne, pele, pelo, reprodução e/ou companhia. Coelhos com aptidão para companhia foram selecionados, única e exclusivamente para residenciarem nos lares familiares como mascotes. Os coelhos sem essa aptidão podem ser animais de companhia, porém, muitos não possuem temperamento dócil nem criam laços afetivos com seus donos. Ainda assim um coelho que têm um dono ou mais, que residencia junto com seu tratador, independente se há um lugar específico para ele ou não, é considerado como um coelho de companhia, tendo ele essa aptidão ou não, pois para ser considerado como de companhia, basta seu dono possuir um vínculo de intimidade maior com seu animal e não necessariamente o inverso. Você pode ter um coelho de estimação de porte gigante, que pesa 12 Kg, com aptidão para reprodução e toda vez que tenta pegá-lo ele lhe arranha. Como outra pessoa pode ter um coelho de porte pequeno ou anão, pesando próximo de 1 Kg e toda vez que ela chega perto do animal, ele corre de encontro para um abraço afável.
IMAGEM ESQUERDA: coelhos domésticos

IMAGEM DIREITA: um coelho doméstico adquirido por uma simpática garotinha. Esse coelho poderá crescer bastante ou pouco. Independente disso, continuará sendo de estimação para ela. Já não podemos afirmar isso quanto aos outros coelhinhos da imagem esquerda.

Maringá – PR, 28 de março de 2013